PROVADORES

Vamos falar de dicas de Design para a sua loja? Que tal começarmos com os provadores?

Você sabia que 67% dos consumidores que resolvem provar uma roupa tem maior intenção de compra?! E que seu cliente gasta um terço do tempo dele dentro do seu provador?

Em entrevista com 8mil pessoas a Envision Retail LTDA, empresa que presta serviço de consultoria de varejo na Inglaterra, chegou a esse índice.

Conclusão: Está na hora de você arrumar o seu provador, não acha?

Neste post separei algumas dicas para vocês pensarem em que situação está o provador da sua loja. Será que ele está sendo o vilão no seu percentual de vendas?

Analise com as dicas da KK abaixo e pare de perder venda por conta de um espaço desconfortável e despreparado para receber o seu cliente.

1ª dica: Tamanho

O pior erro das lojas é sempre dimensionar este espaço de forma errada e não acessível a todas as pessoas. Existe um tamanho mínimo confortável de 1,20×0 1,00m que comporta uma pessoa, um espelho e um banquinho de no máximo 40x40cm.

Loja Selfridges – Design by Neri&Hu

“Ai KK, mas minha loja é pequena só cabe um provador!”

Então é só um provador que você vai ter!

Neste caso, é importante pensar que ele deve também ser acessível e que as dimensões mínimas para um provador que atenda a diversidade do público, é de no mínimo 1,20×1,20m livre de obstáculos (vamos nos aprofundar mais neste tema em um próximo post).

Caso sua loja comporte mais provadores, reserve ao menos 1 para a acessibilidade, garanto que fará toda a diferença!

Se você trabalha no segmento de vestidos de festas seu provador tem que ser, pelo menos, duas vezes maior que as medidas mínimas, pois provavelmente o cliente necessitará do auxílio de uma vendedora.

Ah, não se esqueça de pensar em um espaço para o acompanhante do seu cliente, principalmente se o seu nicho for voltado para o público feminino.

Loja Bassike – Design By BROOK&LYN and Akin Creative

Pense sempre na qualidade! Não adianta espremer o seu cliente dentro do seu principal ponto de conversão de vendas ou fazer com que ele se sinta deslocado por falta de espaço.

Este ambiente necessita de atenção, precisa ser agradável e confortável.

2ª dica: Espelhos

O Ideal para um provador é sempre ter espelho de corpo inteiro e se possível dois! Para que a pessoa tenha o recurso de visualizar as costas.

Você pode usar um modelo de abas auxiliares ou colocando um espelho menor próximo a entrada do provador e direcionado para o espelho principal.

Agora, nada de usar truques como espelhos convexos, pois isso é errado!

O que você pode fazer é inclinar levemente no sentido vertical.

Loja Richad James – Design by Andy Martin Architecture – Modelo com dois espelhos

Modelo de espelho com abas auxiliares

Modelo de leve inclinação do espelho

3ª dica: Piso

Nada de piso frio na área do seu provador! O ideal é usar os carpetes, piso de madeira e vinílico.

Loja Hommes Les Piuarch – Design By Piuarch

Se na sua loja já tiver piso frio, fique tranquilo! Você pode utilizar tapetes para aliviar a sensação de piso gelado.

Loja AMBROSIA – Design By Matteo Ferrari

***DICA: se for usar tapetes, procure fixa-lo com uma fita dupla face para evitar acidentes como tropeçar ou escorregar.

4ª dica: Cortina

Procure utilizar cortinas com cores mais neutras e tons claros. Atualmente, o Cinza é o queridinho do momento, mas isso não quer dizer que você não possa usar um tom rosê, por exemplo.

A cor da sua cortina tem que estar alinhada com o padrão de cor da sua loja. O linho, por exemplo, e uma boa opção por ter uma pegada mais moderna e tem um caimento legal. Atente-se ao comprimento para que não arraste no chão. Ela pode somente dar um toque no chão.

Loja RL – Design By Mandarina Arquitetura

O ideal é que a barra, a vira, esteja na mesma altura do rodapé e caso o rodapé seja muito baixo, adote como padrão 15cm de dobra.

5ª dica: Iluminação

Este aqui é o grande vilão ou o grande responsável para um provador de sucesso!

Iluminação adequada pode ser um dos motivos do cliente adquirir ou não o seu produto! Dependendo da iluminação no seu provador, a pessoa pode se sentir feia e desconfortável ou linda e maravilhosa!

Já ouviu falar em temperatura de cor?!Vamos esclarecer de maneira simples: isso quer dizer que as lâmpadas têm cores diferentes e, a que você vai usar no seu provador é aquela que fica mais próxima da luz natural, podendo ser 4000kelvin.

Exemplos de tons de iluminação

Para complementar a luminância do ambiente você pode fazer uso de luz indireta, sancas no teto, somada a iluminação vertical atrás de espelhos são elementos ideais para compor um espaço bem iluminado.

Loja J & M Davidson – Design By Universal Design Studio

Você pode até pensar em uma iluminação mista para seus provadores como: 4000k para a luz atrás do espelho e 3000k para as sancas.

Nada de colocar lâmpadas muito fortes ou aquelas do tipo camarim, elas ofuscam o olhar e causam desconforto.

Agora, se você não puder mexer no forro para colocar uma sanca iluminada, coloque pontos de iluminação no teto entre o seu cliente e o espelho, pelo menos 2 para distribuir melhor a quantidade de luminosidade, ou use spot de luz indireta. Aqueles spots que jogam a luz para cima.

Loja Mint Velvet – Design By Kinnersley Kent

Enfim, estas foram as 5 dicas para te ajudar a melhorar o ambiente dos provadores e fazer com que seu público se sinta confortável ao experimentar um produto.

Lembrando que, se você quiser um atendimento personalizado, o KK Store Design realiza consultorias e projetos online para todo o Brasil. É só me mandar um e-mail para contato@kkstoredesign.com.br

Curti design, quer melhorar o visual da sua loja?! Siga e acompanhe as nossas redes sociais! Lá eu compartilho dicas e trabalhos para você não perde nenhuma atualização.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *