5 DICAS PARA MONTAR A SUA VITRINE

Quem nunca ouviu falar que a vitrine é o principal meio de comunicação entre o produto e consumidor? Ou que ela é a grande responsável por atrair mais clientes? Pois é pessoal, hoje nossa diKKa é Vitrine!

Não é difícil imaginar porque uma vitrine atraente é importante para os seus negócios. Vivemos em um momento em que nosso consumidor esta cada vez mais exigente e é bombardeado por informações visuais o tempo todo.  A vitrine é o seu cartão de visitas. É o que faz você ser diferente em meio a tantas opções e ofertas. Por isso, investir seu tempo nesse espaço é fator primordial, pois quando mal trabalhada acaba causando o efeito contrario do desejado. Então, separei 5 diKKas importantes para você arrasar na sua vitrine!

  • 1º Dica: Conheça bem o seu público.

Você conhece bem o seu público? Saberia me dizer se são mais jovens ou adultos, mais mulheres ou homens, quanto geralmente eles gastam? Quais são seus hobbys, seus interesses, conhecimento sociocultural, o que eles almejam? Enfim, essas informações são importantes porque elas vão te ajudar a compor uma vitrine que fale a mesma linguagem do seu público. Não adianta você compor uma vitrine super bonita e descolada quando o seu negócio é voltado para senhoras. Ou até mesmo, no caso de uma loja unissex, montar 70% da área para mulheres e 30% para homens quando o seu maior público é o masculino. Então, fique de olho e analise bem essas questões antes de ter a primeira ideia para montar a sua vitrine.

Concepção por Mamatha & Sidheesh

Concepção por Mamatha & Sidheesh

  • 2º Dica: Conte uma história!

Hoje a sua vitrine tem que contar uma história. Não adianta você simplesmente montar seus manequins com as últimas tendências de moda ou com o que chegou de novidade na semana. Ela tem que ser mais do que isso. Tem que ter um conceito bem definido por trás de sua montagem. Lembre-se que o consumidor não está apenas à procura de um produto, mas de um sonho. Você tem que ser capaz de seduzir o seu cliente em questões de segundos, pois somente dessa maneira você vai conseguir despertar o interesse e a curiosidade do saber mais à respeito do que você tem a oferecer. “Mas KK, isso normalmente é muito caro!” Não é bem assim, aí vem à questão de um conceito bem definido e o uso da criatividade. Veja o caso abaixo:

Concepção po Artidi Escuela Superior

Concepção po Artidi Escuela Superior

O exemplo acima foi desenvolvido com o seguinte conceito: Eu amo sonhar com o verão! A partir desse tema essa foi à vitrine criativa desenvolvida por uma loja que vende roupas casuais e mais leves. O melhor arranjo de vitrine é aquela que se dispõe de maneira simples, organizada, criativa e que se posicione de maneira conceitual.

Louis Vuitton com o tema circo

Louis Vuitton com o tema circo

  • 3º Dica: Mantenha uma composição harmônica.

É natural você encontrar algumas lojas com as vitrines cheias de produtos na intenção de chamar a atenção do consumidor como a seguinte mensagem: Ei, nos temos de tudo! Porém, esse é o maior erro que você pode cometer quando está montando sua vitrine. Quando você tem esse tipo de composição, muitos produtos reunidos, o seu cliente não consegue se concentrar em nada e fica difícil de entender o que você tem para oferecer. Você acaba de estabelecer uma confusão visual no seu cliente e não é isso o que queremos, pois ele perde o interesse de conhecer a sua loja. Procure a medida certa e organize seus produtos e manequins em grupos. Procure utilizar alturas diferentes para dar ritmo e movimento. Não exagere nos enfeites de decoração e procure trabalhar com uma paleta de cores de no máximo 3 a 4 tons. E lembre-se que o ponto central de sua vitrine é a área mais nobre e aqui é o espaço destinado para aquele produto “queridinho” que você mais vende.

Fonte: Mannequim Madness

Fonte Mannequim Madness

 

Fonte Dior

Fonte Dior

  • 4º Dica: Iluminação Certa!

Ok, eu sei… a conta de luz aumentou. Mas pessoal, simplesmente não dá para economizar justamente na iluminação de sua vitrine! Entenda, economizar no principal meio de prospectar clientes!? Você sabia que essa iluminação é responsável por 40% do volume de vendas da sua loja? Esses dados foram oferecidos pelo Sebrae pela especialista Patrícia Marinangelo. Ou seja, ninguém aqui quer vender 40% menos porque não deu a devida atenção a iluminação da vitrine. Então, vamos economizar em outros itens e considerar a possibilidade de troca por lâmpadas do tipo LED que são mais econômicas e com alta capacidade de destacar os detalhes de seu produto. Mesmo porque, uma vitrine mal iluminada passa a sensação de descuido e de loja “abandonada”. E por meio da iluminação podemos criar tipos de ambientes diferentes como: calmos, relaxantes, vibrantes ou acolhedores. Então, planeje melhor o foco de sua iluminação, valorize seu produto e jamais permita uma lâmpada queimada nessa área de sua loja.

 

  • 5º Dica: Atenção a frequência.

Estabelecer uma frequência na troca da montagem de sua vitrine é muito importante. Vivemos em um momento em que o consumidor está sempre procurando algo novo e diferente, mas sei que mensurar quantas vezes aquela mesma pessoa irá passar em frente a sua vitrine também não é fácil. Por isso, é importante que a troca da vitrine seja feita pelo menos toda a semana. Você pode até manter o mesmo conceito e decoração, porém os manequins, looks e produtos devem ser trocados. Então, faça um cronograma da montagem de sua vitrine para potencializar as datas mais importantes e sempre mantê-la diferente e atualizada.

Concepção Anthony Vaccarello

Concepção Anthony Vaccarello

 

Concepção Balenciaga

Concepção Balenciaga

Espero que você tenha gostado das diKKas de hoje! Sei que elas vão te ajudar a arrasar na composição da sua vitrine! Se você tem alguma dúvida ou algum comentário deixe aqui abaixo. Inscreva-se aqui ao lado com o seu e-mail para sempre receber as nossas novidades.

Então, beijo da KK para todos! Até o próximo Post!

Obrigada!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *